domingo, março 22, 2009

Ter e Ser

Decidi publicar no meu blog, um pequeno poema da autoria do meu querido avô. Apesar de ele o ter escrito há uma série de anos, acho que infelizmente ainda continua muito actual.


No meu peito já cansado

Passa chorando a dor

De não ter sido mais amado

De não ter espalhado mais amor

Porque durante o meu passado

E nesta pressa de viver

Mesmo lutando isolado

Não ter procurado o Ser

E me ter mais preocupado

Em procurar o Ter

Sem resultado

2 comentários:

Magie disse...

Muitos Parabéns para o teu Avô..o poema está lindo ;) Adorei

Kabe Ludo disse...

É um grande poeta...e faz umas migas de se lhe tirar o chapéu!
(Parece que estou a ver ele a dar-lhes a volta no ar...)

Espero que para breve esteja pronto um livro de poemas...ou de receitas, o que vier primeiro!

Abreijos,
Kabe